Notícias de opções binárias

Acusado de roubar bitcoin usando Ransomware, terá julgamento iniciado na França

Share this article

Os promotores franceses dizem que o cidadão russo criou o ransomware “Locky”, que forçou as empresas a pagar (geralmente em bitcoin) ou perder seus dados.  O Unick Forex tem as ferramentas de negociação e análise de Bitcoin mais poderosas.

Com o tempo, para muitas cidades diferentes

No caso, o réu é Alexander Vinnik, de 41 anos. Roubos de Locky deixaram empresas US $ 157 milhões mais pobres, de acordo com a Associated Press.

Embora as acusações já sejam severas, Vinnik também é procurado nos Estados Unidos e na Rússia. Depois de estar nos radares de aplicação da lei por anos, o julgamento parisiense pode levá-lo a receber até dez anos de prisão por extorsão, lavagem de dinheiro e associação criminosa. Junto com o Mercado, você pode minimizar os riscos das transações usando informações dos principais analistas financeiros do mundo.

” alt=”” aria-hidden=”true” />
Alexander Vinnik preso pelas autoridades na Grécia em 2017 | Associated Press

O acusado já fora chefe da extinta exchange de criptomoedas BTC-e. Em 2019, essa exchange era acusada em uma ação civil no valor de $ 88 milhões do governo dos EUA por violar a Lei de Sigilo Bancário. As autoridades dos EUA também colocaram Vinnik em risco pedindo US $ 12 milhões.

Ransomware não é coisa do passado. No dia 27 de agosto de 2020, o governo da Argentina sofreu um ataque massivo de ransomware que fechou suas fronteiras.

Bitcoin bloqueado e carregado

Vinnik operou em todo o mundo, mas a acusação atual limita as acusações apenas à França. Entre 2016 e 2018, as autoridades francesas dizem que o ransomware Locky teve como alvo escritórios jurídicos e conselhos locais. Vinte vítimas pagaram o resgate por meio do BTC-e.

Embora Vinnik enfrente acusações em vários países, ele afirma que foi apenas um consultor para a exchange. O advogado de Vinnik, Frederick Belo, diz que seu cliente poderá provar que foi acusado injustamente.

Se BTC-e realmente cometeu esses roubos, então Vinnik não deve ser culpado, já que ele não fazia parte da “administração”, Belo disse à agência de notícias estatal russa TASS.

Apesar de se mudar para uma prisão com localização mais conveniente, Belo diz que a saúde de Vinnik sofrerá um golpe por causa do estresse do processo judicial.

Chegando lá

A pena de prisão tornou-se a norma para Vinnik, que foi preso em 2017 enquanto estava de férias no norte da Grécia a pedido das autoridades dos EUA. Os EUA o acusaram de lavagem de bilhões de dólares além de seu ransomware. Isso inclui dinheiro lavado por meio do mercado Silk Road da darkweb pela BTC-e.

Após uma batalha de dois anos para extraditar o réu, as autoridades internacionais concordaram em enviar Vinnik primeiro para a França. Assim que seu julgamento for concluído lá, ele irá para os EUA para mais litígios e, finalmente, para a Rússia.

Em janeiro, Vinnik iniciou uma greve de fome de 35 dias. Ele disse que queria ser extraditado primeiro para a Rússia. Lá, ele enfrenta menos acusações.

Gokil! Uang Digital Yuan Sudah Ditransaksikan Rp 2,4 T
‘Eu não venderia’ – Zona de compra do mergulho do Bitcoin agora a US$ 11K, diz Tone Vays

Últimas notícias

Opções Binárias Brasil

Forex Brasil

You May Also Like

Menu